top of page

5 plantas ideais para ambientes com pouca luz natural

Você já sentiu que a sua casa ou escritório poderiam ser mais alegres e vivos com um toque de verde, mas não sabe por onde começar, principalmente por conta da pouca luz natural disponível?


O que talvez você não saiba é que existem várias plantas que prosperam em ambientes com pouca luz e podem trazer aquela sensação de calma e renovação que só a natureza pode oferecer.


Vamos descobrir quais são as 5 plantas ideais para iluminar aqueles cantos mais sombrios da sua casa?



espada de sao jorge


Espada-de-São-Jorge (Sansevieria trifasciata)


Você já ouviu falar da Espada-de-São-Jorge? Esta planta é famosa por sua resiliência e capacidade de se adaptar a condições adversas, incluindo baixa luz.


Com suas folhas altas e pontiagudas que crescem verticalmente, ela acrescenta uma dimensão arquitetônica a qualquer espaço. Além disso, a Espada-de-São-Jorge purifica o ar, eliminando toxinas. Parece uma escolha perfeita, não é mesmo?


Zamioculca (Zamioculcas zamiifolia)


E se eu lhe disser que existe uma planta que precisa de pouca água, resiste a sombra e ainda é capaz de fazer qualquer ambiente parecer mais elegante?


Pois bem, a Zamioculca é essa planta! Suas folhas brilhantes e perenes são um charme a parte, trazendo vida e sofisticação mesmo aos espaços mais sombrios. Vi essa planta pela primeira vez no I Love Flores e me apaixonei.



Já imaginou ter uma planta cujas folhas verdes vibrantes possam transformar o seu espaço em uma pequena selva particular?


O Pacová é uma planta tropical que adora sombra e umidade, sendo perfeita para ambientes com pouca luz. Sua beleza exótica vai te encantar!


Dracaena (Dracaena spp.)


A Dracaena é outra planta que se adapta bem a ambientes com pouca luz. Seu formato lembra um pequeno tronco de árvore com folhas longas e estreitas que saem do topo.


Você sabia que, além de adicionar um toque de verde ao seu espaço, a Dracaena também é conhecida por suas propriedades purificadoras do ar?


Peperômia (Peperomia spp.)


Por último, mas não menos importante, temos a Peperômia. Essa pequena planta, com suas folhas grossas e carnudas, é uma ótima escolha para quem tem pouco espaço e pouca luz.


É resistente, fácil de cuidar e ainda oferece uma variedade de formas e cores. Que tal experimentar?

Agora que você conhece algumas opções de plantas que se dão bem com pouca luz, que tal começar a planejar seu novo jardim interno? Lembre-se, cada planta é única e terá suas próprias necessidades de cuidados.


Por isso, pesquise e escolha as que mais se adaptam ao seu estilo de vida. Qual dessas plantas você acha que se encaixará melhor no seu espaço?


Ao trazer plantas para dentro de casa, você não apenas adiciona um elemento estético agradável, mas também cria um ambiente mais saudável. As plantas ajudam a purificar o ar, diminuir o estresse e podem até aumentar a sua produtividade.


E a beleza disso tudo? Você não precisa de uma janela com muita luz solar para se beneficiar dessas vantagens. As plantas que mencionamos neste artigo são ótimas para prosperar mesmo em ambientes com pouca luz natural.


Quando escolher a planta certa para o seu espaço, lembre-se de considerar também outros fatores além da luz. Por exemplo, algumas plantas podem precisar de mais umidade do que outras.


A Zamioculca, por exemplo, gosta de um ambiente mais seco, enquanto o Pacová prefere um ambiente mais úmido. Personalize o cuidado de acordo com as necessidades de cada planta e elas certamente prosperarão.


Além disso, pense no espaço disponível. Plantas como a Espada-de-São-Jorge e a Dracaena são mais altas e podem ocupar mais espaço, enquanto a Peperômia é uma ótima opção para locais mais pequenos.


Assegure-se de que a planta tenha espaço suficiente para crescer e se desenvolver adequadamente.


E não se esqueça de considerar o estilo e a estética do seu espaço. As plantas são uma extensão da sua decoração.


Você prefere uma planta com folhas mais arquitetônicas, como a Espada-de-São-Jorge, ou algo mais exótico, como o Pacová? Não há resposta certa ou errada, apenas o que funciona melhor para você e o seu espaço.


Por último, mas definitivamente não menos importante, divirta-se! A jardinagem, mesmo em ambientes internos, é uma atividade relaxante e gratificante.


Aprecie o processo de cuidar das suas plantas e veja como elas crescem e prosperam com o passar do tempo. Você descobrirá que mesmo em ambientes com pouca luz, você pode cultivar um jardim interno bonito e saudável.

10 visualizações0 comentário
bottom of page